Dificuldade para custear saúde na velhice é a principal preocupação de brasileiros

Um estudo realizado pelo Instituto Datafolha, com apoio da biofarmacêutica Abbvie, revelou as principais preocupações dos brasileiros quando o tema é saúde após os 70 anos de idade. Para 23% dos entrevistados, enfrentar dificuldades financeiras para custear remédios ou tratamentos é a maior preocupação. No recorte de gênero, esse temor foi o mais citado por 23% do público feminino e 19% do masculino. Intitulada “Percepção dos Brasileiros sobre Temas de Saúde”, a pesquisa ouviu um universo de 2.087 pessoas acima de 16 anos, de todas as regiões do País.

A segunda preocupação mais citada foi o câncer (19%). Em outra pesquisa DataFolha, a doença foi a mais temida pelos entrevistados. Na lista do atual estudo, ainda são mencionados problemas físicos (14%), problemas de saúde mental (12%), doenças do coração (11), depressão (9%) e problemas de saúde ocular (8%).

No que se refere à percepção do acesso a tratamentos médicos, a pesquisa ainda mostra que 52% dos brasileiros acreditam ter total (notas 9 e 10) ou bom acesso (notas de 6 a 8), enquanto 48% creem ter baixo (notas 2 a 5) ou nenhum acesso (notas 0 e 1). Quando questionados sobre o futuro, os entrevistados se mostraram otimistas. O acesso a tratamentos de saúde, nos próximos cinco anos, será total ou bom para 66% dos entrevistados, e, para 34% desse público, o acesso será baixo ou nenhum.

Fonte: O Povo

Preencha seus dados

Preencha corretamente que entraremos em contato o mais breve possível.